A necessidade de aprimorar o inglês, a possibilidade de trabalhar sendo estudante e a facilidade de viajar pela Europa fi zeram da Irlanda a escolha perfeita de intercâmbio para Henrique Azevedo, que há três meses mora na capital Dublin. “Tive ótimas surpresas que me deixaram mais maduro. Você
só sente o que é intercâmbio quando vivencia isso de fato. Com certeza voltarei muito mais independente para o Brasil e com boas experiências para a vida. Estou fazendo um grande investimento, vivendo um momento único e curtindo o quanto posso o meu tempo aqui”, avalia
o estudante.
Entre a rotina de estudos, Azevedo tenta aproveitar ao máximo as vantagens que Dublin tem a oferecer, principalmente para aqueles que gostam da vida cultural das grandes cidades. “Ainda estou na fase de adaptação, mas com a documentação resolvida, casa para morar e tempo para organizar minha vida aqui, estou começando a curtir mais o lugar. Gosto de ir a peças de teatro, cinema, pubs e clubes”, destaca. Morar em um país, onde a cultura e as pessoas são diferentes pode parecer estranho ou até mesmo  amedrontar os estrangeiros, mas, para o brasileiro é só uma questão de tempo para se acostumar com a nova realidade. “O intercambista tem que vir com a cabeça aberta e ser organizado.
Dá para aproveitar muito se você souber planejar o seu tempo. Só assim você vai conseguir alcançar
suas metas” explica.

Por Karen Lemos