A busca por emprego ficou mais difícil depois da crise financeira de 2008. Hoje, o tempo médio para se conseguir uma vaga em Dublin, segundo pesquisa da Yeah!Brasil, varia de 3 a 5 meses. Para os brasileiros que vivem na Irlanda — 18 mil, segundo a Embaixada Brasileira em Dublin— a busca pode ser um pouco mais difícil, já que o idioma é um empecilho. O fato é que, para conquistar uma posição, seja no Brasil, na Irlanda ou na China, é preciso conhecer as ‘’regras’’ do mercado de trabalho local. E já que a primeira exigência é o inglês, é nele que o estudante deve mirar os esforços logo que chega na terra da esmeralda. A lógica é a seguinte: acelerar o conhecimento no idioma nos 5 primeiros meses e, no último mês da escola, enfrentar o máximo de entrevistas até encontrar o trabalho. Quando você estiver com um nível suficiente para se comunicar, é hora de correr atrás das vagas.

Veja abaixo lista sobre como buscar empregos em Dublin e leia depoimentos de quem já percorreu esse caminho.

 

1 – Procure online e off-line

Pesquisa informal feita pela equipe do YeahBrasil! 50% dos postos de trabalho que existem na Irlanda são anunciados em jornais, comércio, revistas e na Internet. Logo, as outras 50% das vagas de trabalho estão “escondidas” no mercado de trabalho e nunca são anunciados. Com base nessa informação, você precisa focar metade do seu tempo aplicando pela internet e o resto de forma presencial. É importante ter contato com quem está contratando. Vale lembrar que fazer ligação telefônica pode fazer a diferença.

Confiram os principais sites atuantes na Irlanda:

http://www.jobs.ie

http://www.fas.ie/en/

http://www.monster.ie

http://www.irishjobs.ie

http://www.toplanguagejobs.co.uk

https://www.aupairireland.ie/

https://kangarooaupair.com/ie

http://www.gumtree.ie/

http://www.rollercoaster.ie/

Já os estudantes que estão dispostos a trabalhar como Aupair, devem consultar diariamente a página “rollercoaster.ie” , pois têm sempre muitas ofertas lá. A estudante Carolina Alves, 25, resolveu publicar um anúncio pago neste site oferecendo seus serviços. Ela recebeu diversos e-mails de mães querendo entrevista e conseguiu um trabalho de babá na mesma semana. “Acho que valeu muito a pena pagar €12 para me anunciar. Basta colocar um anúncio bonitinho com sua experiência com criança “, conta.

 

2 – Venda seu peixe

O currículo bem feito, ainda que sem a experiência desejada, deve apresentar todas as colaborações já realizadas e não conter mentiras, pois você será perguntado sobre exemplos práticos ou como carregar 3 pratos para aquela entrevista de garçom. A carta de apresentação deve chamar a atenção de quem recebe seu CV e conter informações relevantes para a vaga. Estar confiante com o inglês é realmente fundamental e um diferencial, pois você tem que saber “se vender” e mandar bem na entrevista. O preparo dará a dose certa de autoconfiança na hora da entrevista. É importante ressaltar, também, os desafios que você enfrenta em estudar no exterior – sempre com sorrisos controlados.

3 – Relacione-se

É importante entrar em contato com tantas pessoas quanto possível para saber sobre vagas de emprego. Essa técnica é chamada de Relacionamentos. Contatos devem incluir amigos, colegas, vizinhos, familiares, professores, conhecidos e membros do seu convívio ou interação. Se tiver quem indique, melhor.

 

4 – Paciência e persistência

Encontrar emprego como um estudante internacional é um desafio, mas não é impossível. Cada ano, a Irlanda concede milhares de vistos estudantis com possibilidade de trabalho. “Um colega meu chegou aqui só como estudante, recém-formado e sem muita experiência profissional. Entretanto, ele já conseguiu sua permissão de trabalho”, diz Douglas Alencar, 37, que hoje trabalha como engenheiro Sênior na Dell.

 

O tipo de visto que você vai precisar para viajar para a Irlanda vai depender de quanto tempo você deseja passar na Irlanda e o motivo de sua viagem. Confira a lista oficial com todos os tipos de vistos que a Irlanda!

 

5 – Sorte

Este é o único fator que estudantes não conseguirão controlar. Estar no lugar certo, na hora certa pode ser o mesmo que fazer rezas para todos os santos.

Veja também: Aprimorar inglês no pub é possível