Por Eduardo Eggers

Na terra onde o Halloween começou, ninguém esperava nada menos do que uma grande festa na noite de 31 de outubro. Bruxas, fantasmas, zumbis, múmias e vampiros de diversos cantos do mundo tomaram conta das principais ruas de Dublin.

A região do Temple Bar esteve tomada pela multidão desde as primeiras horas da noite de Halloween. Pubs e restaurantes foram lotados por clientes no mínimo “diferentes”. A Ilha Esmeralda realmente se transforma nesse dia. A festa recebe gente de todas as idades, vestidas com as mais variadas fantasias (veja as fotos).

Origem

O início do Halloween remonta ao período em que os celtas viviam nas ilhas britânicas. O dia 1º de novembro marcava o início do inverno, uma época que, para essa civilização, era diretamente ligada à morte. Na noite anterior (31 de outubro), ocorria o festival de Samhain, em que os líderes religiosos celtas tinham contato direto com o mundo dos mortos.

Isso explica a cultura de sair às ruas com vestes que fazem uma espécie de culto aos mortos. A tradição foi se adaptando ao longo dos tempos e diversos outros países adotaram a data como um momento de celebração. Na Irlanda, com certeza o “Dia das Bruxas” é uma das festividades mais populares.

Créditos fotos: Renata Agostini e Eduardo Eggers

 

 

IMG-20151101-WA0016 20151031_220853 20151031_213647 20151031_213448 20151031_214229 20151031_213423 20151031_213151 20151031_214151 20151031_213958 20151031_214221 20151031_222957 20151101_015835 20151031_222248 20151031_221943